Skip to content
25/11/2011 / ensinosuperiornobrasil

Como as redes sociais são uma excelente ferramenta de aprendizagem

Numa altura em que a nossa necessidade de estar sempre ligados e interligados a nível profissional e pessoal, as redes sociais parecem ser apenas um mero reflexo da nossa vontade interior que se exterioriza para o mundo virtual.

Uma realidade hoje sem redes sociais, não seria suportável devido a uma crescente necessidade de atenção, interação e desejo de partilha. É curioso: numa sociedade diariamente acusada de ser egoísta e unha de fome, hoje, partilhamos tanto como se calhar nunca o tínhamos feito antes na história. E partilhamos o que é provavelmente a nossa comodidade mais valiosa neste século XXI: a informação.

Partilhamos coisas estúpidas, partilhamos coisas interessantes, partilhamos sentimentos. Fazemos revoluções sem sair do sofá e temos toda a informação que nos interessa num filtro que nós próprios definimos. As redes sociais são mesmo assim.

Agora, será que não seria boa ideia transpor este conceito de rede social para a educação? Eu acho que sim.

Poder interagir com outros alunos, com universidades e professores numa plataforma especial e unicamente dedicada à Educação, não seria ótimo?

Pois. É tão ótimo que alguém já teve esse ideia brilhante. Deparei um desses dias com o site Educalia, apelidado de “A primeira rede social de educação do Brasil”. Bom, se é a primeira ou não, não sei dizer, mas a verdade é que não me lembro de outra com tantas funcionalidades como essa daí.

No Educalia você pode:

–  procurar cursos, universidades em todo o Brasil

–  pode bater papo e esclarecer suas dúvidas com professores e universidades em tempo real

–  comentar os cursos que estudou e perguntar sobre aqueles que quer fazer

–  procurar e se inscrever em cursos ensinados à distância inclusive

Acho mesmo que as coincidências existem e são muito cómicas mesmo. Porque tenho pensado bastante nesse assunto de estarmos viciados em redes sociais nos últimos dias e como seria interessante se conseguíssemos aproveitar as funcionalidades e a maneira como interagimos nas redes sociais para outras áreas, como a educação. E eis que encontro uma rede social que me parece ser exatamente aquilo que estava a pensar.

A partilha, a nova moda do século XXI, faz todo o sentido na Educação. Se falamos de criar uma nova geração de gente esclarecida então é mesmo pela partilha de conhecimento que lá chegaremos. Educação apenas faz sentido se partilharmos o que sabemos para que todos possamos ficar no mesmo nível.

Já chega de açambarcadores de conhecimento que guardam tudo para eles, não acha?

Advertisements
16/11/2011 / ensinosuperiornobrasil

Número de matriculados no ensino superior no Brasil aumenta 110% em 10 anos

Ótimas notícias que de certo refletem o crescimento económico do Brasil nos últimos anos. A educação é o caminho certo para que nosso país consiga crescer ainda mais e é excelente que mais e mais jovens apostem na sua formação.

Atualmente o país tem mais de 6,3 milhões de estudantes em busca do diploma.

O número de alunos matriculados em cursos de graduação no ensino superior aumentou 110% na última década. Os dados são do Censo da Educação Superior 2010, divulgado no dia 7 deste mês pelo Ministério da Educação (MEC).

O total de estudantes em busca do diploma atingiu 6.379.299, em 2.377 instituições de ensino superior e que oferecem 29.507 cursos. De 2009 para 2010, o número de matriculados aumentou 7%.

Segundo o ministério, um dos fatores que explicam o crescimento é o aumento da oferta de cursos à distância e tecnológicos. As regiões Norte e Nordeste foram as grandes responsáveis por impulsionarem esse crescimento, com um aumento de 148,3% desde 2001 e de 128,5% respetivamente.

Educação a Distância
De todas as matrículas de graduação no ensino superior no Brasil, 14,6% são de educação a distância (EAD). Segundo o ministro da Educação, Fernando Haddad, o crescimento da modalidade a distância só não é maior porque o governo está dando “um ritmo” para que a expansão não ocorra com prejuízo da qualidade.

Na avaliação do ministro, o percentual de matrículas na EAD no Brasil pode ser considerado baixo em relação a outros países em que a modalidade responde por mais da metade das matrículas, mas é apenas uma questão de tempo para que o Brasil consiga atingir esse patamar.

Confira aqui todos os dados do Censo da Educação Superior 2010.

25/10/2011 / ensinosuperiornobrasil

A prefeitura de Colatina tem mais de 400 vagas de emprego para graduados

A prefeitura de Colatina abriu concursos para 414 vagas e os profissionais das áreas de saúde e da educação são os mais procurados, por isso se já acabou o curso e está à procura de uma oportunidade, não pode deixar passar!

Porquê? Porque os salários chegam até aos 4 mil reais. Razão mais que suficiente, não acha?

Os cargos procurados são os seguintes:

Os cargos de nível fundamental são de agente comunitário de saúde, agente de combate a endemias, braçal, motorista e operador de máquinas leves e pesadas.

Os cargos de nível médio são de agente municipal de trânsito, fiscal de rendas, fiscal de transporte, técnico em edificações, técnico em informática, técnico de informática (educação), técnico em segurança do trabalho, auxiliar de consultório dentário, fiscal sanitário, técnico de enfermagem e técnico de laboratório.

Os cargos do magistério são de pedagogo – inspetor escolar, pedagogo – supervisor escolar, professor – artes, professor – ciências, professor – educação física, professor – educação infantil, professor – escolas do campo anos iniciais, professor – ensino fundamental anos iniciais, professor – geografia, professor – língua inglesa, professor – língua portuguesa, professor – matemática.

Os cargos de nível superior são de assessor jurídico, procurador, contador, engenheiro civil, assistente social, auditor de saúde, bioquímico, odontólogo cirurgião-dentista\buco-maxilo, odontólogo cirurgião-dentista\pacientes com necessidades especiais, enfermeiro, enfermeiro do trabalho, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico acupunturista, médico auditor, médico angiologista, médico cardiologista, médico clínico geral, médico endocrinologista, médico gastroenterologista, médico geriatra, médico ginecologista, médico infectologista, médico do trabalho, médico neurologista, médico oftalmologista, médico ortopedista, médico otorrinolaringologista, médico pediatra, médico psiquiatra, médico veterinário, nutricionista, odontólogo protesista, pedagogo, psicólogo e terapeuta ocupacional.

Se concorrer especificamente para Agente de Saúde e Agente de Endemias inscreva-se aqui até dia 20 de Novembro.

Para todos os outros inscreva-se aqui até dia 13 de Novembro.

Muito sucesso!

P.S. Não tem nenhum destes cursos mas queria ter? Visite Educalia a primeira rede social para estudantes universitários, professores e universidades do Brasil. Pesquise, pergunte, aprenda e partilhe. Esse é o caminho para ser melhor todos os dias e agora pode fazê-lo numa rede social só para quem quer sempre aprender mais.